quinta-feira, 27 de outubro de 2011

1

Uma palavra para o fim

Andava na chuva para disfarçar a lagrimas que em meu rosto estavam a rolar
Como algo tão bom poderia acabar com apenas uma palavra
Uma palavra que veio a mim como uma flecha me matando e corroendo o resto de alegria que me restava
Foi apenas uma palavra para tudo desmoronar


1

Incerto Amor

Estou apaixonada meu coração bate mais forte
Minha mente fica confusa só de pensar
Como duas pessoas diferentes me deixam do mesmo jeito?
Porque sinto falta de ar só de aproximar?
Como a presença dos dois tem o mesmo efeito?
Porque Meus olhos os procuram sem parar?
Como meu coração foi se apaixonar?
Porque as respostas não vêm com o vento?
São tantas duvidas para um só sentimento
Que não sei como controlar
Esse desejo de provar essa confusa paixão e esse medo de desaprovação


“Dedicado a (sempre indecisa) Anoni Fofa ;D”
0

Uma rosa e uma despedida



Era uma manha fria e chuvosa no dia que você partiu
Deixando apenas uma rosa e um bilhete escrito três palavras em vermelho 

Esperava que aquelas palavras fossem: Eu Te Amo, mas não eram

Era um simples Esse é o Fim 
Essas três palavras me destruíram
As lagrimas começaram a correr
Me lembrando que tudo começou com uma rosa e que triste fim
Era uma rosa junto à despedida
Será que era para lembrar que tivemos bons tempos ou era mesmo para me torturar
As lagrimas não se secaram continuaram a rolar
E a tristeza em meu peito começava a me matar
As lembranças do nosso amor
E tudo aquilo que me fez um dia sorrir agora me fazia chorar

0

Lembro do Inicio


Em dias de chuva lembro da gritaria e do choro vindos da sala 
As desculpas e perdões
As causas do fim de algo que um dia pareceu perfeito
Um recomeço...
Ou um inicio de algo duvidoso
E a impressão de algo doloroso foi deixado para atraz
Deixando uma enorme sensação de alivio no peito